Abcesso abdominal.

Este animal chegou a mim com histórico de castração, ainda entrava no cio e o proprietário relatava que sentia uma bola dura no abdome do animal. Foi realizado exame de US abdominal onde foi detectada uma massa com cerca de 11cm de diâmetro. Recomendei uma laparotomia exploratória para diferenciar a massa.

Notar presença de cicatriz abdominal de castração anterior.

Ao abrir a musculatura, essa estrutura literalmente pulou de dentro do abdome.

Divulsão dos tecidos aderidos.

Retirada da massa.

Presença de ovário esquerdo remanescente.

Conteúdo da massa, apenas secreção purulenta.

A cirurgia foi feita com fio de algodão azul. Cuidado na escolha do fio que será usado na sua cirurgia, nesses casos, dê preferência aos fios absorvíveis como o vicril. O algodão possui uma capilaridade muito alta e retém muito líquido, favorecendo o crescimento de bactérias no fio.

Espero poder ter ajudado, aguardo ideias para novos posts e artigos.

9 respostas em “Abcesso abdominal.

    • O animal retornou 14 dias após a cirurgia para retirada dos pontos e encontrava-se muito bem, alimentava-se, e tinha todos os parâmetros normais.
      Nesses casos o prognóstico é reservado, sempre esclareço ao proprietário que as primeiras 72 horas nesse tipo de cirurgia são as mais críticas.
      Att Dr. André Carneiro.

  1. Mais especificamente é um caso de piometra de coto uterino. O fio de algodão pode ter ajudado, mas a influência maior deve ter sido do ovário remanescente.

    • Obrigado pela visita Renato!
      É sempre bom poder debater os casos clínicos.
      Nesse caso eu não concordo, na piometra de coto existe formação de secreção purulenta na área de coto uterino, e não na de coto ovariano. Especificamente nesse caso o animal apresentava uma massa encapsulada e de conteúdo purulento em região de coto ovariano direito, e dentro da massa havia o fio de algodão. Acredito que possa ter sido derivado do uso de fio de algodão, uma vez que o fio de algodão tem uma alta capilaridade e é inabsorvível, concordo no caso da influência hormonal devido a presença do ovário remanescente.
      Onde você clinica Renato? Grato pela visita!
      Dr. André Carneiro

  2. Olá Dr. André parabéns pelo blog e pela sua disponibilidade em ajudar.
    Estou morando no Rio a pouco tempo, ganhei uma cachorrinha e gostaria de realizar a castração, pois perdi a minha anterior com câncer.
    Gostaria do seu contato, perceci que atende na Tijuca e também da indicação de algum colega de confiança que atenda em Botafogo, pois muitas vezes fica difícil me locomover para outro bairro. Estou muito preocupada pois tivemos uma perda recente e não quero arriscar.
    Seu trabalho é maravilhoso e admirável.
    Obrigada.
    Christianne.

  3. Estou com uma cadelinha que foi castrada a 10 dias numa campanha os pontos ainda nao foram retirados e por baixo deles esta crescendo uma bola do tamanho de um ovo de codorna…isso não é normal né?

Deixe uma resposta para Renato Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s