85 respostas em “Links amigos

  1. Olá Dr., me chamo Leandro, tenho 13 anos, sou fã do seu blog, amo o ramo da medicina veterinária, em especial cirurgias também, pretendo ser um grande cirurgião como você.

  2. Boa noite, Dr Àndre.Ao entrar na internet pra pesquisar sobre ruptura,encontrei teu site.No mês de janeiro,ao chegar em casa,notei que meu cachorro não foi até a porta estava embaixo da cama,isolado e que meu marido tinha colocado leite pra ele e ele não tomou.Ao coloca-lo na cama,percebi que ele estava com hematomas,cortado e todo ralado.Imediatamente o levei no veterinário e ela perguntou se ele tinha sido atropelado.Como não sabia,perguntei pro meu marido e ele disse que não viu,o que dificultou um pouco no diagnóstico.A veterinária percebeu que ele estava mal,e deu uma injeção antibiótica,uma antihemorrágica,se eu não me engano diúretica,pq ele falou que notou que na urina do cachorro tinha sangue.fui orientada a continuar o tratamento com meio comprimido de furosemida de 12 em 12 horas e um comprimido de trissufalin tb de 12 em 12 horas.Ela fez o pedido do rx,no dia seguinte o levei pra realizar o exame.Infelizmente não foi possivel diagnosticar pq tinha muita água no pulmão.Então fui orientada a continuar com a medicação por mais uma semana e retornar pra fazer o rx.Neste outro já deu pra visualizar que segundo o veterinário não teve ruptura mas que ainda tinha um pouco de água no pulmão.pediu pra continuiar com a medicação por mais 5 dias e se eu quisesse pra repetir o rx mas pra confirmar.Terminei o tratamento e aparentemente ele melhorou.Após 2 semanas,notei que as fezes dele estava saindo com sangue e que fazia muita força pra respirar,que não estava comendo,levei ele novmaente na clínica mas quem o atendeu não foi a veterinária que conheço há anos,mas uma récem formada que me passou insegurança pois não sabia me responder e td hora saia da sala pra perguntar pro outro veterinário que é o cirurgião e que realiza o rx.Ela disse que a temperatura dele tava normal,que era pra eu voltar a dar a furosemida pra ele mas com uma dose mais alta um comprimido 2 vezes ao dia e aproveitei que já estava com o pedido do rx e ele fez novamente pela terceira vez,só fui informada que ainda tinha água.Depois pediu pra eu procurar uma segunda opinião e tirar rx em outro local pq o da clinica não estava muito bom,estava marron.No dia seguinte ele continuou sem comer,notei que a gengiva dele estava branca,os olhos tb e sem comer.Ia leva-lo pra mesma clínica mas como teria que fazer rx em outro local,resolvi leva-lo na clínica onde ele foi castrado.O veterinário que o atendeu disse que tinha que descobrir por onde ele estava perdendo sangue pois estava com anemia,coma atemperatura abaixo do normal,gengiva branca,olhos tb,tinha uma massa no abdomen.ele o medicou com 4 injeções,uma pra dor,outra antibiótica,outra diurética,antihemorrágica,e suspendeu a furosemida me alertando que esta medicação acelera os batimentos cardiacos e que ele estava descompensado.Só pediu pra eu medicá-lo com Bactrin e refazer o rx e uma ultrassonografia e hemograma completo.Me indicou apenas 3 lugares confiáveis que é o próprio veterinário que dá o laudo na hora.Ao leva-lo no rx apareceu água no pulmão e o abdomen comprometido,sem maiores detalhes.Na ultrassonografia,foi diagnosticado a hérnia,ruptura do diafragma e o intestino,fígado,estõmago localizado no pulmão e os demais órgãos internos fora do lugar.O hemograma deu leucocitos baixos mas não deu anemia.A veterinária disse que já tinha visto vários casos graves mas não como o dele.Ao levar os exames pra este veterinário que fez o pedido,ele disse que não se arrisca a fazer esta cirurgia de alto risco e me indicou um outro veterinário que trabalha com ele,que é cirurgião,que já está acostumado a fazer cirurgias deste tipo.Aí ele tb falou que não vai fazer pq se abrir o cachorro e não for hérnia,pois td indica que é um buraco muito grande e que lá eles não tem tela nem musculatura de cavalo pra fazer o enxerto.Liguei pra outra veterinária formada,que faz medicina com a minha prima,mas ela tb disse que lá não tem,me indicou pra leva-lo na Usp,mas a fila de espera pode levar meses.ai voltei na clínica inicial e falaram que faz mas que tb não tem tela nem musculatura de cavalo.estou desesperada de ver o esforço que ele tá fazendo pra rewspirar.Uns dizem que antes qd um animal era atropelado,que era indicado fazer cirurgia imediantamente,que notaram que havia óbitos,que uma vez apareceu um cachorro que não pode ser operado na hora,esperou ele melhorar e a cirurgia foi um sucesso,e com isso descobriram que qd um cachorro está compensado,o sucesso é melhor e o num de óbitos diminuiu.Outros já dizem que tem que ser o mais rápido possível,que se esperar,pode acabar a oxigenação dele.È muito triste ve-lo fazer tanta força pra respirar,agora ele usa as patinhas traseiras pra fazer força pra buscar o ar. Estou desesperada,confusa,não sei o que fazer,quero o melhor pra ele.Obrigada.

    • Bom dia Cristiane, obrigado pela visita!
      Existem duas vertentes para tratamento da hérnia difragmática, eu faço parte da que opta por aguardar o animal estabilizar e depois operar, realmente o índice de sucesso é muito maior. Você é de SP Capital? Em SP existem diversas clínicas de grande porte capazes de fazer esse tipo de cirurgia.
      Espero que consiga fazer o mais rápido possível.
      Grato Dr. André Carneiro.

      • preciso entra em contato urgente com o senhor!!! “onde fica sua clinica? preciso cirurgia pro meu cão me ajude meu nome é janaina alonso gomes {SOS}
        não tenho e-mail so face{jana_cel@hotmail.com

  3. Bom dia dr,achei um local APASFA que faz esse tipo de cirurgia,e tinha marcado nesta quarta,dia 11/04,mas depois que o veterinário me disse que a probabilidade de mortabilidade é de 70%,eu fiquei transtornada,e cancelei a cirurgia.Eu não consigo entender,o que significa estabilizar?Afinal,uns dizem que é melhor o animal estar estabilizado,considerando que o risco é menor,outros que não é bom esperar pq vai comprometendo os órgãos até acabar e a oxigenação e dar uma parada cardiaca.Se o risco é durante a cirurgia, pq alguns animais correm risco no periodo de 24 hs apos a cirurgia?Se o risco é a anestesia,no caso da inalatória é mais segura por ser controlada? Se o risco não é o pulmão,pelo que entendi,e sim o coração não aguentar,isso vale pra qualquer cirurgia,não é?Qual é o risco que ele corre de não fazer a cirurgia?Existe alguma medicação pra melhorar a respiração dele?Estou pensando seriamente em desistir definitivamente.Pq tem alguns cachorros que vivem anos nessa mesma condição que o meu está?Qual é o prazo que ele tem de vida,caso eu não resolva fazer?Existe outras altenativas:acunputura,massagem,injeção,ou apenas tirar esse liquido e gases dele sem ter que realizar a cirurgia em si?
    Estou em são Paulo,na Zona Norte.Onde vc atende e em qual dia?Obrigada pelo retorno.Não consigo mais dormir,minha vida é só chorar.Não posso nem imaginar na possibilidade dele não aguentar,talvez seja apego da minha parte mas só de pensar que ele tem 1 ano e 3 meses,não tenho coragem.

    • Boa noite Cristiane,

      Estabilizar o paciente significa que é necessário fazer o organismo do animal se adaptar a nova situação, isso ocorre dentro de aproximadamente 72 horas, com isso diminui-se o risco cirúrgico. Toda cirurgia tem um risco pós operatório de pelo menos 24 a 72 horas. Quanto mais tempo prorrogar a realização da cirurgia maior o risco.
      Com a ruptura do diafragma existe a compressão e a invasão da caixa torácica pelas estruturas abdominais. Toda cirurgia incorre em risco, maiores ou menores, não existe outra forma de corrigir o problema se não for cirurgicamente. Atendo no RJ.
      Att
      Dr. André Carneiro.

  4. Muito obrigada por ter me esclarecido essas dúvidas.Sempre que posso entro neste site,é muito esclarecedor e confortante.Eu o levei na Usp, e a cirurgia dele foi marcada pra dia 09/05,que é a data mais próxima.Dr,como foi em janeiro,dá pra aguardar até maio ou seria melhor eu arriscar de leva-lo em outra clinica.Que pena que o senhor não atende em S.P

    • A USP é uma excelente instituição, se o veterinário avaliou e marcou para essa data, é sinal que pode ser feito nessa data.
      Siga todas as orientações do veterinário responsável.
      Att.

      Dr. André Carneiro

  5. Dr. André, tenho uma cachorrinha poodle toy de 7 anos e a mais ou menos uns 3 anos ela andou tendo alguns problemas. É assustador, ela cai e fica se debatendo, sua lingua fica roxa e ela fica como se estivesse morta. Isso ja chegou a acontecer tres vezes no mesmo dia e no caso mais grave ela perdeu todos os movimentos. Chamamos um veterinario e ele aplicou durante uma semana injeçoes na coluna dela e aos poucos ela foi melhorando, mas não é como antes… ela não tem equilibrio, não sobe no sofa como costumava fazer, não sobe escada, tem dificuldade para sentar e as vezes cai sem ter porque. Minha cidade é pequena e são poucos os veterinarios, levamos a Nina (a cachorrinha) em todos, fizemos varios exames e ninguem descobre o que ela tem. A mãe dela teve um cachorrinho de uma outra ninhada que tinha epilepsia, isso teria alguma relação ? Obrigada pelo trabalho maravilhoso que tem feito aqui nesse site, são de profissionais assim que precisamos, que realmente amam os animais. Aguardo sua resposta

    • Bom dia Mariana, obrigado pela visita.
      O quadro que me descreve tem muita semelhança com distúrbio neurológico, certamente o fato de haver um filhote da mesma mãe com epilepsia, colabora ainda mais com a suspeita. O ideal seria o animal ser avaliado por um neurologista.
      Att.

      Dr. André Carneiro

  6. Bom dia dr.,gostaria da sua ajuda,minha cachorrinha poddle ficou 2 dias enternada com problema estomacal,no dia que peguei ela ela estava mancando da patinha traseira esquerda,quando peguei na patinha ela não estava sentindo as pontas dos dedos,e não consegue andar firmando a patinha no chão,o que pode ser?será que ela machucou ou foi porque ela ficou sem se movimentar e ficou muito tempo sentada sobre a perninha?Por favor me ajude. Obrigada.MONICA

    • Boa noite Mônica.
      Pode sim ser pela falta de uso, ou pode ser por outro motivo que não esteja ligado a internação, procure novamente o veterinário e converse com ele pode ser necessário a realização de algum exame como um Rx para se chegar a um diagnóstico.
      Att.
      Dr. André Carneiro

  7. OI DR ANDRÉ TENHO UM GATO PERSA DE 2 ANOS EM ABRIL ELE PAROU DE FAZER XIXI FOI OPERADO MAS PERDEU O PIPI FOI FEITO UM BURACO (IGUAL UMA FEMEA) MAS JA FECHOU 3 VEZES, AGORA O BURAQUINHO FOI FEITO NA BARRIGA DELE MAS NOVAMENTE FECHOU ONTEM ELE FOI OPERADO NOVAMENTE A 5 CIRURGIA FOI COLOCADO UM SONDA HUMANA NO BURAQUINHO PARA VER SE NÃO FECHA MAIS .POR FAVOR ME DE A SUA OPINIÃO SOBRE O SNOWBELL NÃO AGUENTO MAIS VER ELE SOFRENDO EXISTE ALGO A FAZER PARA NÃO FECHAR MAIS ESSE BURACO. OBRIGADA ESPERO SUA RESPOSTA KELLY.

  8. Olá Dr tenho uam cachorrinha Poddle que foi atropelada em frente a minha casa, levamos ela no vet e ele tirou um raio x e disse que ela tinha fraturado a coluna.
    Falou que se ela fizesse a cirurgia ela voltaria a andar, é possível?
    Tem dois dias e o local fraturado esta muito inchado, más ela meche os orgãos genitais. É normal?
    Obrigado
    parabéns pelo blog
    abraços Camilla.

  9. bom dia, estou com a seguinte dúvida/medo: meu rottweiller de 2 anos e 49kg, rompeu o ligamento cruzado cranial quando foi diagnosticado, fez tdos os exames necessários para o pré-operatório, a técnica utilizada foi a tta, com a implantação de uma placa de titânio e o cage, com anestesia inalatória. Fizemos todo o acompanhamento necessário, com inúmeros raio-x, retornos à médica veterinária, repouso quase que absoluto (ficou dentro de casa o dia inteiro, saindo NA GUIA apenas para suas necessidades fisiológicas com caminhadas de no máximo 5 a 10 minutos), na quarta-feira 22/05, foi tirado o ultimo raio-x, ao final de 3 meses pós- cirurgia, e ai é que vem o problema… após isso no sábado, 3 dias após receber alta, ele começou a claudicar o membro recém operado, o que pode ter acontecido?? hoje 03/06 às 11:30 ele tem um raio-x marcado.
    obrigada!!
    Att., camila.

      • obrigada dr. andré, o raio-x constatou um aumento de volume das partes moles da articulação do joelho, além disto uma possível tendinite patelar.

  10. Bom dia estou com um PitBull de 07 anos claudicando MPE e afinado o quadril foi feito Rx e já tomou Maxicam Plus 2.0 mg e Condroivet melhorou qdo estava tomando e qdo acabou o tratamento voltou a sentir dor e claudicando, então o vet. passou o Trocoxil 75 mg e ainda está reclamando. Na sua conduta médica o que seria? Cirurgia? Ou outro medicamento? O resultado do Rx foi o seguinte:Região radiografada………. ARTICULAÇÃO COXO-FEMORAL
    Incidência………………. VD
    Laudo radiográfico……….. Imagem radiográfica sugerindo incongruencia articular em correspondência a junção
    coxo-femoral bilateralmente.
    Diminuição de espaço intra-articular entre as faces de fêmur e tíbia direita
    (meniscopatia).
    Articulação femoro-tibio-patelar esquerda rotacionada impedindo uma melhor
    avaliação da região (paciente sob forte tensão muscular – DOR).
    Dimiuição de radiodensidade em correspondência ao membro posterior esquerdo –
    atrofia muscular.

  11. ACHEI MUITO BOM ESTE SITE EM ESPECIAL PARA QUE QUE FAZ CLINICA MENOR PRIMEIRA VEZ QUE ENTRO EM CIRUGIA VET E GOSTARIA RECEBER COMENTARIOS. UMA PERGUNTA: ATE QUE PONTO SE PODERIA FAZER A CASTRAÇAO EM CACHORROS COM O ANEL DE BORRACHA AQUELE QUE SE USA PARA CARNEIROS E BEZERROS. MUITO OBRIGADO.

  12. Dr André. Há 2 semanas que meu cão de raça beagle com 2 nos de idade foi atropelado.partiu a bacia na direita e na esquerda,com fratura esposta no joelho da perna esquerda e do joelho para baixo toda a pata ficou em péssimo estado.Disse o veterinário que tinha os tendões e vasos desfeitos.Então põe-se a hipótese possivel abater, ou amputar a perna traseira a mais danificada e operar á bacia do lado contrário á amputação.Fui para a amputação,dizem que se adaptam bem só com 3 perninhas.Acontece que foi amputado da perninha esquerda ,a Dra achou que não operava á bacia pois era muito violento para o animal e eles recu.peram muito bem , depois logo se veria.Correu bem só que a seguir tirarem o dreno a costura na zona da virilha abriu toda sempre com muitos liquidos já está com escaras e eu estou muito muito triste se ele não vai conseguir a cicatrização.A nivel dos membros ele já tenta levantar e dá umas passadas com alguma ajuda.A médica diz que costuma acontecer e que todo aquele buraco vai ter que cicatrizar de dentro para fora e vai ter que estar mais tempo internado do que era esperado.Ele toma antbióticos anti-inflamatórios pomadas pensos Aquacel,etc.Dr.acha que eu vou ter o meu amigo de volta?Como tenho que fazer para ele se adaptar só ás 3 perninhas?Vai levar muito tempo?Tenho que o ter fechado ou posso ter em casa comigo?tenho outro cachorro acha que vai prejudicar a recoperação?Ajude-me no que poder.Bem Aja!!!Arlete

    • Bom dia Arlete.
      Após a ruptura dos pontos no pós-operatório, não podemos suturar novamente e optamos pela cicatrização por segunda intenção. Os animais adaptam-se muito bem ao uso de apenas 3 membros, o ideal e mantê-lo longe do seu outro animal até total recuperação, uma brincadeira mais forte entre os dois pode botar tudo a perder.
      Att.
      Dr. André Carneiro.

  13. oi td eu tenho uma york de 1 ano e ela foi atropelada e teve que fazer acirugia ,fas 8 dia e el ja ta suber bem …………..
    ela ja est caminhando sera que ela vai te que fazer fisioterapia???????

      • oi DR° td bem eu sou a sidione da york que foi atropelada .ela fes a cirugia com aretirada da cabeça do femo direito,mas fas 15 dias e agora ela não apoia a perna no chão sera porque e resente????ou ela vai ficar assim.estou fazendo fisioterapia em csa como a veterinaria indicou a e ela treme muito.me ajude não tenho mas condiçoes de pagar fisioterapia porque gastamos muito,presciso achar outra maneira para ajuda-la,obrigada sidione

  14. Boa noite Dr Andre.eu sou a dona do Soopy o cãozinho amputado da perna esquerda,eu agradeço a sua atenção e conselhos bastante úteis.O meu amigo já está em casa! Tal como o dr me recomendou ,eu tenho estado bem atenta ao outro cachorro que tenho e nunca os deixo sós.Falei na clinica que tinha pedido conselho ao Dr.e a rapidez que respondeu.Ele está a recuperar bem,ainda tem uma escara feia no cotovelo , a ferida dos pontos está a fechar bem,a perna direita como partiu a bacia daquele lado está fraca e tem alguma dificuldades em andar.Devo forçar a caminhada ? Eu penso que é cedo para tirar conclusões mas hoje achei-o mais perguiçoso para andar.Hoje foi á clinica fazer o penso,sou eu que faço o penso dia sim dia não,e vai continuar com antibióticos,anti-inflamatórios,e complexo de vitamina B. Acha que o meu amigo recupera na totalidade,para andar ao meu lado?…Atenciosmente!…Arlete.

  15. dr. adotei uma pintcher de um mes e meio ela nasceu com um deficiencia nas 2 patas da esquerdas, a da frente é tortinha k anda com o cutuvelo no chao e a d traz e apenas mais abertinha e nao tem tanta firmeza gostaria de saber se devo ou não fazer cirurgia nela,pois estou em duvida… obrigada

  16. Olá td bem?? Minha cachorra fez uma cirurgia, retirou um pedaço do útero pq estava com sangramento, o veterinário disse que era um piômetro, só que não consigo dar os medicamentos a ela e nem consigo limpar os pontos direito, pois ela me morde, o que eu faço???

    • Bom dia Cristiane.
      Retorne ao veterinário responsável pela cirurgia para reavaliação, a medicação no pós-operatório é de grande importância para recuperação do seu animal.
      Att.
      Dr. André Carneiro

  17. Boa tarde Dr. André,
    Tenho um gato siamês de 6 anos e 11 meses; desde junho/2013 ele vômita de 2 a 3 vezes por dia. Continua brincando, se alimentando bem, indo no banheiro. Só para de vomitar com remédio (serenia 16mg) a cada 4 dias. Nos exames dele, está tudo alterado, já fiz 3 ultrassonografias e todas estão iguais, a mais recente, de ontem, tem mais algumas alterações referente a tamanho do rim, da pedra e alguns órgãos. Começei o tratamento na FMU, depois de mais de 1 mês, acharam que tinha que operar, pois era estômago. Eu fiz algumas pesquisas na internet, fiquei na dúvida e pedi pra outro veterinário opinião, que disse ser problemas no rim. Mudei alimentação (Royal Canin + Premier gatos castrados (tenhos + 2 gatos)); tomou soro durante um tempo e manteve o serenia. Mudei novamente de veterinário, que adicionou vitamina e tentou um tratamento para o fígado, mas sem sucesso. Estou desesperada, pois quero muito que meu gatinho fique bem, com o tratamento adequado e que deixe ele confortável e prolongue sua vida.
    Gostaria da indicação do que fazer, se o Sr. tem algum médico para indicar em São Paulo.

    Desde já, agradeço muuuito sua atenção, Luciana.

    Segue o último exame dele feito ontem 26/11/2013
    :
    HEMOGRAMA
    SÉRIE VERMELHA
    VALORES OBTIDOS VALORES DE REFERÊNCIA UNIDADES
    ERITRÓCITOS 9,13 5,0 – 10,00 milhões/mm3
    HEMOGLOBINA 15,50 8,00 – 15,00 g/dl
    HEMATÓCRITO 47,60 24,00 – 45,00 %
    V.C.M. 52,13 39,00 – 55,00 u3
    H.C.M. 16,97 12,50 – 17,50 uu3
    C.H.C.M. 32,56 30,00 – 36,00 %
    PROTEÍNA TOTAL PLASMÁTICA: 7,8 6,00 – 8,00 g/dl
    ERITROBLASTO: 0 (Observado durante a contagem diferencial)
    PLAQUETAS: 38.000 300 a 800 mil/mm3
    OBSERVAÇÃO: MORFOLOGIA CELULAR NORMAL.
    PRESENÇA DE DIVERSAS PLAQUETAS AGREGADAS.
    SÉRIE BRANCA
    VALORES OBTIDOS VALORES DE REFERÊNCIA
    LEUCÓCITOS 10.500 /mm 3 6 a 19 mil/mm3
    LEUCÓCITOS CORRIGIDOS 10.500 /mm3 6 a 19 mil/mm3
    CONTAGEM DIFERENCIAL % mm3
    METAMIELÓCITO 0,0 0 0 %
    BASTONETE 0,0 0 0 – 3 %
    SEGMENTADO 70,0 7.350 35 – 75 %
    EOSINÓFILO 4,0 420 2 – 12 %
    LINFÓCITO 26,0 2.730 20 – 55 %
    BASÓFILO 0,0 0 0 – 1 %
    MONÓCITO 0,0 0 1 – 4 %
    OBSERVAÇÃO: MORFOLOGIA CELULAR NORMAL.
    A interpretação do resultado dos exames depende da avaliação clínica do paciente, feita somente
    pelo médico veterinário solicitante.

    No. do Exame :001359697 Data de Coleta: 25/11/2013
    Nome …….: SNARF Raça..:SIAMES
    Especie…..: FELINA Idade..:6 Ano(s) 11 Mes(es)
    Genero……: MACHO Entrega..:INTERNET
    Prop. ……: LUCIANA
    ____________________________________________________________________________________________________
    No. do Exame 359.697 Data de Coleta : 25/11/2013
    MATERIAL UTILIZADO : SORO SANGÜÍNEO
    URÉIA
    Valores de referência
    RESULTADO………..: 68,00 mg/dl De 10 a 56 mg/dl
    MÉTODO : CINÉTICO
    CREATININA
    Valores de referência
    RESULTADO………..: 2,04 mg/dl De 0,8 a 1,8 mg/dl
    MÉTODO : CINÉTICO
    A.L.T
    Valores de referência
    RESULTADO………..: 72,00 UI/L De 10 a 88 UI/L
    MÉTODO : CINÉTICO
    FOSFATASE ALCALINA
    Valores de referência
    RESULTADO………..: 19,00 UI/L De 04 a 81 UI/L
    MÉTODO : CINÉTICO

    No. do Exame :001359697 Data de Coleta: 25/11/2013
    Nome …….: SNARF Raça..:SIAMES
    Especie…..: FELINA Idade..:6 Ano(s) 11 Mes(es)
    Genero……: MACHO Entrega..:INTERNET
    Prop. ……: LUCIANA

    ____________________________________________________________________________________________________
    LAUDO ULTRASSONOGRÁFICO
    Fígado com dimensões preservadas, contornos regulares, bordas finas, parênquima homogêneo
    e ecogenicidade aumentada (infiltrado gorduroso?). Arquitetura vascular com calibre e
    trajeto preservados. Vesícula biliar repleta por conteúdo anecogênico, com paredes
    finas.
    Baço com dimensões aumentadas (estendendo-se até a região meso/hipogástrica), contornos
    regulares, ecotextura homogênea e ecogenicidade habitual – processo inflamatório-infeccioso?
    alteração congestiva?
    Estômago com conteúdo gasoso/mucóide e paredes discretamente espessadas em região de piloro
    (0,36cm) – sugere processo inflamatório.
    Alças intestinais preenchidas por conteúdo gasoso/mucóide, apresentando paredes
    discretamente espessadas em segmentos de duodeno (0,36cm – 0,56cm) e íleo (0,37cm)
    com estratificação parietal mantida, peristaltismo evolutivo e uniforme – sugere processo
    inflamatório (doença inestinal inflamatória crônica?).
    Cólon preenchido por conteúdo gasoso/fecal.
    Ramo pancreático esquerdo com espessura preservada (0,59cm), ecotextura homogênea e
    ecogenicidade mantida.
    Rins simétricos (RD: 3,29cm e RE: 4,48cm) em topografia habitual, com contornos
    irregulares, corticais espessadas e hiperecogênicas com discreta perda de definição
    córtico-medular – sugere nefropatia. Foi visibilizada área hiperecogênica formadora de tênes
    sombreamento acústico posterior na pelve do rim esquerdo medindo 0,59cm de comprimento –
    cálculo. Não há sinais de hidronefrose.
    Adrenais em topografia habitual, apresentando contornos regulares ecotextura homogênea
    e ecogenicidade mantida. Mediram AE: 1,18cm x 0,34cm e AD: 1,12cm x 0,38cm, em maior eixo.
    Ausência de líquido livre abdominal.
    Linfonodo pancreáticoduodenal com dimensões aumentadas (1,16cm x 0,75cm) apresentando
    contornos regulares, ecotextura homogênea, ecogenicidade reduzida e aumento de ecogenicidade
    dos tecidos adjacentes – linfonodo reacional inflamatório ?
    Linfonodos jejunais com dimensões preservadas (3,43cm x 0,28cm) apresentando contornos
    regulares, ecotextura homogênea e ecogenicidade reduzida – linfonodos reacionais
    inflamatórios.
    Bexiga urinária com repleção adequada, paredes finas, preenchida por conteúdo anecogênico
    entremeado por pontos ecogênicos em suspensão (celularidade/cristais).
    Próstata e testículos não visibilizados.

  18. Boa tarde Dr. tenho um pastor belga de 10 meses (tufao) aos 5 meses ele trincou o fêmur eo veterinário constatou q ele poderia desenvolver a displasia coxo femural
    fizemos um tratamento de 60 dias com condroton 1000, porem agora a pata traseira direita esta saindo do lugar facilmente, gostaria de saber se volto com o medicamento

    pesquisei na net e achei um medicamento com de condrovet pet sera que ele pode substituir o condroton?

    obrigado

  19. Olá, meu cachorro é um pastor alemão misturado com vira-lata, ele tem uns 8 anos, e ele esta com um buraco na virilha, perto do penis, estou muito preocupado porque eu gosto muito dele, eu vi esse buraco hoje dia 21/05/2014 e passei um remedo que é vermicida/repelente/cicatrizante e eu queria saber se isso tem um certo risco, meu ele não esta triste, ele corre pelo terreno normalmente, não sei se é um berne, um tiro ou até mesmo uma facada, foi por que ele fugiu e ficou 3 dias fora de casa e voltou, me ajuda por favor, Atenciosamente:Gabriel Marques dos Santos.

  20. Boa tarde, eu não sei mais o que fazer com meu Dog alemão que teve uma queda. Levei no mesmo dia no veterinário ele fez uma radiografia, mas disse que não precisava imobilizar apesar do inchaço na perna dianteira dele altura do joelho. Voltei depois de 15 dias ele disse que ré assim mesmo que eu tinha que esperar. Levei em outro veterinário fez radiografia mandou dar condroton e disse que tinha que esperar. E disse q podíamos mobilizar ele fizemos isso . Mas não resolveu talvez pq já fazia algum tempo da ruptura? Eu não sei mais o que fazer as duas clínicas só pegaram meu dinheiro e nada resolveram. Estou em pânico vendo meu cão tão lindo e saudável mancando, ele não consegue fixar a pata no chão a impressão que tenho e que os ligamentos deles estourou. Por favor me ajuda, o que devo fazer onde encontrar um lugar que vai tratar o caso com eficiência já que moro longe dos grandes centros.

  21. Olá Dr. André!
    Há três anos atrás a minha cachorrinha pulou do sofá e foi diagnosticada com luxação de patela na pata esquerda. Ela estava acima do peso, pois estava com hipedradrenocorticismo não controlado. Um ano atrás teve problema com a pata direita, começou a não apoiar mais. Iniciou o tratamento para controlar o cortisol e passou por uma cirurgia de transposição da crista tibial e estabilização do ligamento cruzado com técnica de sutura fabelo-tibial, porém após a cirurgia e várias sessões de fisioterapia não consegue apoiar a pata direita e a pata esquerda está bem luxada, anda como se estivesse agachada. O veterinário disse que ela está com perda de massa muscular e após avaliar o raio x das duas patas disse que o caso é complexo. Laudo: articulações coxo femorais dentro dos parâmetros da normalidade radiográfica, incongruência entre faces articulares de femoro tíbio patelar esquerda, patela apresentando acentuado deslocamento medial, preservação da topografia habitual da patela direita, presença de pino e fio de cerclagem em diáfise proximal da tíbia direita, demais estruturas observadas dentro dos parâmetros da normalidade radiográfica. Gostaria de saber se a cirurgia é aconselhada nesse caso: está com 10 anos de idade, tem hipedradrenocorticismo e falta de massa muscular. Se ela não for operada quais as complicações que ela pode ter. Atualmente ela está bem, cortisol controlado e ativa. Muito obrigada pela atenção.

    • Boa tarde Jaqueline.
      A Síndrome de Cushing (hiperadrenocorticismo) realmente leva o animal a uma perda de massa muscular muito grande. Na verdade não poderei ajudar muito nesse caso, quem pode avaliar a possibilidade cirúrgica é o ortopedista responsável e a endocrinologista que a acompanha. Sempre digo aos meus clientes que a cirurgia é possível para melhorar a qualidade de vida dos nossos pacientes, basta ele estar apto a passar pelo procedimento. Temos que ter em mente que a luxação patelar pode retornar mesmo após a realização da cirurgia.
      Att.
      Dr. André Carneiro

  22. Olá Dr André, tenho um
    Gato persa com 10 anos de idade, ele é castrado e vive somente dentro de casa. Ha aproximadamente um mes ele vem andando agachado com as patinhas da frente sempre retraidas, qndo ele tenta correr cai para o lado, ja levei ele no vet mas infelizmente nao me deram um diagnostico preciso, me disseram q ele nao tinha habito de se movimentar mto e com isso ficou com um pouco de dor. Acontece que ele vem piorando, ele cai para os lados e anda todo torto, ele come e usa o banheiro normalmente. Gostaria de uma opiniao sua Dr, ja que aqui onde moro tem apenas duas clinicas veterinarias e ninguem nem se quer fez um raio x nele. Estou pensando em leva-lo em uma clinica em florianopolis que fica 450 quilometros da onde moro. Obrigada aguardo uma resposta.

  23. Olá doutor ,temos uma fêmea srd +- 2 anos ,ela está andando com dificuldade toda dura,rabo levemente erguido ,parece sentir muita dor, fizemos 3 doses de flotril em intervalos de 24 h e a última dose ficou elevado o lugar ,parecendo inchaço, enfim melhorou mais não curou,essa tal artose canina é curável?

  24. Ola Dr. André !!!!
    Adorei o seu blog e a atenção que vc tem com todos aqui.
    Tenho um boxer de 11 meses e 40kg. Ele foi Atropelado e rolou muitos metros…ficou bastante machucado e quebrou a patinha direita, da frente. Por sorte segundo o vet. Ele teve apenas escoriações pelo corpo, onde parece que não vão mais nascer os pelos, e a pata da frente a princípio foi imobilizada. Ele receitou um antiinflamatório injetável, mas a pata dele ainda esta bem inchada. Faz 3 dias que ele foi atropelado. Esta comendo bem como sempre, e bebendo água normal também. Mas quantos dias será que vai demorar pra desinchar? E a pata melhora só ficando imobilizada? Estou preocupada, ele e um cão muito ativo, e mesmo com a pata imobilizada quer andar, correr, brincar… Isso e um bom sinal ou pode prejudicar a recuperação dele? Ah e sobre o antiinflamatório li na bula que é indicado para bovinos e eqüinos… Achei estranho….tem problema será ? O nome do Antiinflamatório é niglumine.

    Obrigada pela atenção
    Cristiane

    • Boa tarde Cristiane.
      O edema pós trauma demora um pouco mesmo para resolver, cerca de 7 a 10 dias ou até mais. O ideal para resolução de fraturas em cães é a cirurgia mas alguns animais conseguimos resolver com a imobilização, mas é necessário que o animal fique em repouso, se não ocorrer pode sim prejudicar a recuperação. Em relação a medicação, se foi prescrita pelo veterinário, continue conforme prescrito.
      Att.
      Dr. André Carneiro

  25. Olá Dr. André… Recentemente meu cocker spaniel (4 anos) fugiu de casa e foi atropelado. Teve luxação em 3 patas, sendo elas duas de trás e a direita dianteira. Nas patas traseiras foram feitas cirurgias, em uma colocaram uma placa com 9 parafusos e na outra foi retirada a cabeça do fêmur. Na pata da frente ele fez uma cirurgia no cotovelo e agora está imobilizado. Gostaria de saber como será a recuperação dele já que o veterinário não foi muito claro e em quanto tempo ele conseguirá se recuperar. Estou preocupada com a pata em que foi retirada a cabeça do fêmur, pois ele não consegue firmá-la no chão e já fazem 3 semanas desde a cirurgia. É preciso algum cuidado especial?

    • Bom dia Carol.
      O seu animal sofreu politraumatismo e realmente não temos como dar um prognóstico preciso nesses casos, o tempo de recuperação vai depender da resposta do organismo do seu animal. Três semanas é muito pouco tempo para uma recuperação satisfatória nesses casos.
      Att
      Dr. André Carneiro

  26. Boa noite Doutor Andre
    Meu nome e Hilda
    Moro em BARUERI SP

    Me tire uma grande duvida por favor e Urgente.
    minha cacchorrinha lhasa apso de 6 anos esta internada ela tem gastrite e estava vomitando e com dor, o veterinario pediu um utrason dela eles mesmo fizeram e me falaram q o baso dela esta muito inchado e seria melhor operar para fazer a retirada do mesmo. E normal este prosedimento ou devo ter uma segunda avaliaçao com outro Veterinario,Me responda por favor estou com muito medo.

  27. Ola Dr, estou com uma gata que fraturou o femur., separaçao total da tibia…gostaria de saber qual o limite de tempo pra intervir cirurgicamente, uma vez que esta e muito cara aq em bh. E se deixar ela com a pata sem cirurgia pode ter alguma complicaçao?obrigada

    • Bom dia Janaína.
      Em ortopedia é interessante que se faça o mais rápido possível, se não for realizada a cirurgia podem ocorrem diversas complicações desde uma calcifacação errônea até uma não união óssea.
      Att.
      Dr. André Carneiro

  28. Olá Dr.
    Eu tenho uma gata que tem mais de 6 anos(não sei a idade certa).Ela fez uma cirurgia e foi retirada todas as mamas. Faz 2 meses e agora ela está com a respiração ofegante e de vez em qdo parece que tem bolas de pêlos e fica meio engasgada. A respiração dela me preocupa e ela tbém está comendo pouco e emagreceu bastante. A doença poderia ter ido para os pulmões?Ou seria por causa da cirurgia?Obrigada!

  29. Tenho uma cadela da raça labrador ela começou a ter convulsão mas não tenho com levar num veterinário particular será se a clinica veterinária da Usp atende gratuitamente ? Estou desesperada

  30. Boa tarde, minha cachorrinha quebrou a pata, levei ao veterinario r so necessitou colocar a tala..depois de 40 dias fui pra retirar a tala e a veterinaria disse q ja estava bom..mas agora ela ta desanimada, nao qr comer e nem brincar..o q faco?

  31. Boa noite! Gostaria de saber se esta dentro da normalidade após uma cirurgia de castração (72 horas) a minha cachorra ainda esta sem equilíbrio para andar. Só tentou andar hoje, mas não conseguiu por muito tempo. Esta como se estivesse sem apoio. Estou muito preocupada e sem saber o que fazer. Agradeço a atenção!

    • Boa tarde Simone.
      Alguns animais ficam incomodados com os pontos ou a roupinha cirúrgica, veja se não é isso, se não for retorne ao veterinário responsável pela cirurgia e relate isso a ele.
      Att.

  32. ola doutor, meu cachorro da raça lhaza apso fez uma cirurgia no intestino grosso estava com uma massa na passagem das fezes nao deu pra tirar na colonoscopia, precisou fazer a cirurgia só que depois que ele acordou estava com a respiraçao bem ofegante e muita dor e no terceiro dia ele estava com a barriga muito vermelha e teve uma parada respiratoria e entrou em obto, doutor pode mim explicar o que pode ter acontecido ah ele tambem fez transfusao de sangue

  33. Oi,bom dia. Estou aqui em un dilema muito grande. Meu cachorro foi atropelado ontem e quebrou o fêmur em 5 ou 6 partes. Nao chegou a “virar farinha”. Gostaria de saber ha solucao sem que haja amputacao. Estou realmente desesperada! Obrigada

  34. Oi doutor, eu estou cursando veterinária, já estou no sexto período, porém minha cadela tem displasia coxofemoral, ele fez um procedimento para a retirada da cabeça do fêmur, porém estou achando muito estranho o pós-operatório, ela está mancando, sem por a pata direita no chão, e olhando de cima, ela está andando torta e parece que está com um caroço onde fez a cirurgia, o que o senhor acha sobre ? Obrigada

  35. Bom dia Dr. Andre

    Meu Cachorro passou por uma cirurgia e colocou uma placa pois quebrou o fêmur, apos 5 dias de cirurgia tomando os medicamentos inclusive analgésico ele tentava apoiar a patinha no chão, apos a suspensão do uso dos analgésicos ele parou de apoiar a pata no chão, levei ele novamente no mesmo ortopedista que operou ele, e no raio x constou um parafuso solto, apos 20 dias da primeira cirurgia ele passou por outra para retirada desse parafuso, apos essa segunda cirurgia ele não colocou a pata mais no chão, já está na 8 seção de fisioterapia e ainda não coloca a pata no chão, a pedido da fisioterapeuta realizamos outro raio x, onde consta que está tudo certo e já está sendo formado calo ósseo porem ainda ele não coloca a pata no chão, doutor você poderia me ajudar não sei o que fazer já se passou 1 mês da segunda cirurgia e ate agora ele está andando com 3 patinhas..

    Desde já agradeço
    Pamela

  36. Tenho um cachorro de grande porte, ele tem 11 anos e pesa 35kg, no primeiro mês do ano ele começou a mancar da pata da frente mas achei que era normal da idade, em dois meses pra cá ele começou a mancar das patas de trás chegando ao ponto de não andar direito mais. Levei no veterinário e falaram que ele tinha displasia coxa-femoral e passar anti inflamatória eu dei mas ele continua com dor, ao tocar na coluna ele se esquiva todo por ter muita sensibilidade. Gostaria de saber o que eu faço pois estou desesperada e ja não tenho mais dinheiro pra gastar? Tem um remédio chamado condotron gostaria de saber se resolve. Me ajuda.

Deixe uma resposta para conceição beltrão Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s