Retenção de ovos em Jabuti.

Esse Jabuti me foi encaminhado pelos amigos da Clínica Vetrinária Prosilvestres com histórico de prolapso de oviduto e retenção de ovos. Inicialmente reduzimos cirurgicamente o prolapso e depois procedemos a retirada dos ovos. Agradecimento especial aos Veterinários Júlio Arruda, Rafael Nudelman e Loide Machado responsáveis pela clínica.

Abertura de plastrão com serra oscilatória.

IMG_2058

Abertura de cavidade celomática

IMG_2060

Localização e exteriorização dos ovos.

IMG_2055Retirada completa dos ovos.

IMG_2056Fechamento da cavidade celomática.

IMG_2053Recolocação da placa retirada do plastrão e aplcação de resina.

IMG_2057Término da cirurgia com resina já seca.

IMG_2054

Osteossíntese de rádio com placa.

Animal foi encaminhado para a clínica escola com histórico de trauma automobilístico, já havia realizado todos os exames e não apresentava alterações em nenhum deles, exceto o Rx de MAD que revelou fratura total de rádio e ulna. Animal então foi encaminhado para cirurgia, quadro havia ocorrido 48 horas antes.
IMG_1241-2Membro preparado para cirurgia.IMG_1244 Incisão de pele.IMG_1245 Localização do foco de fratura.IMG_1247-2 Fragmentos ósseos localizados.IMG_1251Redução da fratura.IMG_1255 Ensaio da placa.IMG_1258 Colocação dos primeiros parafusos.IMG_1261Cirurgia finalizada. Esqueci de fotografar o RX mas quando colocar as fotos do Rx pós-operatório posto e de antes também.

I Curso de Emergência em Pequenos Animais

Prezados Leitores, colegas e alunos.

Gostaria de agradecer a todos os participantes do nosso I Curso de Emergência Veterinária. Foi um grande sucesso e em breve teremos novidades sobre outros cursos!Folder

Interessados entrar contato com: cursos_cl@yahoo.com

Teoria DSC_1437 DSC_1450 DSC_1473 DSC_1509 DSC_1521 DSC_1679 DSC_1714 DSC_1724 DSC_1761 Turma

Att. Dr. André Carneiro

Flap pediculado de pele para cobertura de lesão por miíase.

Animal de rua que chegou até a clínica por intermédio de uma cliente. Estava com uma miíase muito grande e já havia perdido dois dígitos, foi feita limpeza da ferida e tratamento da lesão para que pudesse ser realizado o enxerto.

Lesão após limpeza e tratamento sendo preparada para receber o enxerto.

Amputação do terceiro metacarpo devido a exposição óssea e possível osteomielite.

Reavivamento dos bordos da lesão.

Retirada do flap da área doadora, região latero-cranial de tíbia.

Medindo o tamanho do flap e ensaiando a cobertura.

Primeiros pontos para fixação do flap.

Fechamento da área doadora.

Finalização da cobertura.

Resultado após 30 dias.

Flap ainda presente sem necrose, um pouco retraído devido a deiscência de alguns pontos por lambedura do animal.

Retirada do flap com excelente resultado final, agora é só aguardar o fechamento total da lesão. Animal já caminha normalmente e apoia o membro sem problemas.

Fratura em Galho-verde.

Devido a grande demanda de atendimentos em filhotes resolvi fazer esse post para alertar aos colegas.

Esse animalzinho chegou para mim com histórico de trauma automobilísto, o proprietário passou em cima das patinhas com a roda do carro.

Devemos sempre alertar aos proprietários o cuidado que devem ter com filhotes, pois estes são muito rápidos e somem repentinamente. Sempre ao sair de casa verificar se o animal não está em nenhum local de risco, que ofereça perigo a ele e a outras pessoas ou animais.

Não, ele não está descansando com seu pijaminha verde. Rs

Felizmente esse animal só teve duas fraturas em galho-verde, uma em rádio e a outra em tíbia.

Conseguimos boa estabilidade apenas com uma imobilização e 45 dias após ele já estava correndo pelos corredores da clínica.